Bem me quer, mal me quer?

Apostamos em alimentos que consideramos mais saudáveis e menos calóricos para seguirmos a risca uma dieta. Porém, muitas vezes, a rotina de trabalho, casa e estudos não permite que nossa alimentação seja essencialmente saudável e regrada. Nesse momento, recorremos a uma opção prática que carrega nutrientes e é ideal para um lanche rápido.

Disponíveis no mercado com diferentes sabores, tipos, marcas e composição nutricional, as barras de cereais são alternativas fáceis para o momento da fome. Mas já parou para pensar se as barras de cereais são realmente saudáveis? Já que muitas delas podem ter mais calorias do que uma barrinha de chocolate, como por exemplo, e conter gordura saturada, açúcar e óleos hidrogenados.

Portando, fique atento na escolha da barra de cereal.  A dica é sempre analisar a composição nutricional no rótulo do produto e escolher a que tenha no máximo 200 calorias. Além de ingredientes como grãos integrais, frutas secas, sementes, gordura não saturada e fibras, que necessitam de mais mastigação e saciam a sensação de fome.

Não podemos negar que a barra de cereal representa praticidade, mas deve ser consumida moderadamente e não substitui uma refeição. É indicada como uma alternativa de lanche entre as refeições ou antes de atividades físicas. Então, ao comprar esse tipo de alimento confira se você está realmente investindo em uma opção saudável.

Cristina Vedovato
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Anúncios

Pra quem anda fugindo do coelhinho e seus ovos…

A Páscoa está chegando e, às vezes, pode ser impossível fechar os olhos para as variadas opções de ovos de chocolate por todos os cantos dos supermercados e lojas especializadas. De vários tamanhos, marcas e preços, os irresistíveis e nada amigos da dieta ovos de páscoa enchem nossas cabeças de desejos, dúvidas e culpas. Mas será que eles, de fato, são tão vilões como pensamos?

Bom, apesar de rico em carboidratos, o chocolate ajuda na produção de serotonina, o que nos transmite a sensação de prazer e bem-estar. Tudo bem que isso não o torna menos temido pelas balanças, mas incluir chocolate de forma moderada na dieta pode ser responsável por outras significativas melhoras na nossa saúde e também corpo. Mas é claro, quando consumido na versão com maior concentração de cacau e em pouquinha quantidade, né?!

Ou seja, não é qualquer chocolate que fornece fitoquímicos que fazem bem à nossa saúde. Os mais amargos, indicados para quem está preocupado em manter peso sem abdicar de todas as coisinhas gostosas da despensa, pode ser bom para o coração e até para a pele. Alguns estudos comprovam que 1 xícara de chocolate meio amargo possui mais substancias antioxidantes do que 1 copo de vinho tinto. É praticamente um “espera aí” para as rugas e manchas.

Se for muito difícil passar longe do setor dos ovinhos é só não esquecer: chocolate faz bem, é só saber escolher e apreciá-lo em pequenas porções. Afinal, calóricas todas as delicias da gastronomia são, mas é possível, pelo menos na páscoa, conciliar sabor, prazer e saúde.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Café ou Chocolate em Pó?

Que o leite está no topo da lista dos alimentos mais saudáveis da nossa geladeira, todos sabemos. Se consumido na versão desnatada então, melhor ainda. Rico em cálcio, vitaminas e proteínas, a bebida pode ser colocada no cardápio diário sem riscos, ou melhor, com uma série de benefícios. Um copo de leite desnatado possui, em média, 84 calorias, se ingerido puro. Para dar mais sabor a bebida, normalmente, acrescentamos algumas colheres de achocolatado ou alguns mls de café, dependendo do dia ou gosto.

Qual será, então, a melhor opção para a saúde? Qual dos dois adicionais pesa menos na balança?

Apesar de menos calórico, o cafezinho não é lá tão vantajoso quando o assunto é quantidade de vitaminas. Ainda assim, ajuda no funcionamento do metabolismo, combate radicais livres e melhora o desempenho durante exercícios físicos. Achocolatados, por sua vez, apresentam bons níveis de vitaminas e nutrientes, além de reduzir o risco de inflamações. A bebida é também associada ao aumento nos índices de colesterol bom, o HDL. Contudo, é preciso atentar aos teores de açúcar.

Café
(20g)
Chocolate em Pó
(20g)
Calorias 5 kcal 77 kcal
Carboidrato 0 mg 17,5 mg
Ferro 0,02 mg 1,53 mg
Proteína 0,4 mg 0,7 mg
Cálcio 0,01 mg 150 mg
Vitamina B1 0,01 mg 0,26 mg
Vitamina B2 0,01 mg 0,29 mg

Ana Carolina Souza
Equipe mondayacademia.wordpress.com