Aplicativos que motivam

runtastic_all_mobiles_en-1024x672

Correr e pedalar são ótimos exemplos de atividades físicas que podem ser feitas ao ar livre. Por proporcionarem superfícies irregulares, diferente da maioria das esteiras e bicicletas ergométricas das academias, as ruas e parques nos obrigam a gastar mais energia, ou seja, calorias! O único problema é que nem sempre sabemos ao certo o número de quilômetros percorridos em um espaço de tempo e o total de calorias gastas. Nessa hora, apostar em alguns aplicativos para celulares e smartphones pode ser a solução e até mesmo motivá-lo!

Disponíveis para iPhones, Androids e BlackBerry, alguns apps como Runtastic, Sports Traker e Endomondo, funcionam como um GPS e são capazes de mostrar aos usuários com precisão o tempo e distancias percorridas durante os treinos de bike, corrida, caminhada ou até mesmo patins.

Em alguns deles é possível conectar monitores cardíacos e medir a frequência durante os exercícios, gerando um gráfico ainda mais completo da energia desprendida para a realização.

A melhor parte de utilizar esses aplicativos é poder acompanhar sua evolução na sua atividade predileta. Os que gostam de corrida, por exemplo, conseguem saber se estão melhorando o desempenho durante os quilômetros ou se precisam apertar o passo para participar daquela prova no final de semana.

Acesse o espaço de compras de aplicativos do seu celular e escolha o que melhor se enquadra em suas necessidades. Existem opções gratuitas e pagas. Se você já usa, conte-nos o que acha! Se não, experimente!

Ana Carolina Souza
Equipe Monday Academia

Anúncios

Corredor iniciante: musculação, sim!

Legs of a young man running

Democrática e muito prazerosa, a corrida é a atualmente uma das atividades físicas mais praticadas. Mas além de muito fôlego, o esporte também exige preparo físico de seus adeptos. Nesta hora, apostar em algumas sessões semanais de musculação pode evitar que lesões e dores atrapalhem seus treinos e evolução.

Se você também busca maior desempenho e resistência para a corrida, é necessário trabalhar e desenvolver musculaturas específicas como, quadríceps, panturrilha, coxas e glúteos, que previnem problemas na coluna e joelhos.

Para chegar mais longe e em tempos melhores, portanto, o ideal é que sejam priorizados os músculos inferiores e das costas, de duas a três vezes por semana. A fim de evitar sustos e garantir bons resultados, também é essencial contar sempre com o auxilio dos profissionais da educação física que, conhecendo suas necessidades, são capazes de definir os intervalos, séries e prescrever os aparelhos ideais.

Agora que você sabe como a prática moderada da musculação ajuda e complementa suas corridas, a hora é de aderir aos pesos. Com corpo, fôlego e musculatura em dia restará apenas treinar e não perder as corridas de rua que acontecem o ano inteiro na cidade de São Paulo.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

O que são termogênicos e por que eles podem ajudar a sua dieta?

Ver a balança apontar números menores nem sempre é tarefa fácil. Nessa hora, aliar uma boa rotina de exercícios físicos à dieta, como já sabemos, é a forma mais segura de alcançarmos o objetivo. Alguns alimentos, no entanto, se somados aos nossos cardápios podem ajudar e muito nessa caminhada. Eles são conhecidos como termogênicos.

Por exigirem mais energia para serem processados e digeridos, os alimentos termogênicos são conhecidos como “queimadores de gordura”. Eles têm a função de manter o metabolismo acelerado e, desse modo, provocam uma maior queima calórica ao longo do dia.

Alguns itens, que devem fazer parte da lista do mercado para quem quer emagrecer, elevam a temperatura do nosso corpo, mas é fundamental, antes de mais nada, nos mantermos em movimento. Então, adote esportes com os quais realmente se identifique, persista na evolução e anote aí as nossas dicas para as compras do mês.

Gengibre: a raiz tem capacidade de elevar o gasto calórico em mais de 10%. Duas fatias pequenas são o suficiente e podem ser consumidas em molhos, sucos e chás.

Pimenta: aumenta em até 20% a atividade metabólica. Adicione à pratos quentes, saladas ou no tempero.

Canela: manda o metabolismo lá pra cima e ainda deixa frutas e refeições mais gostosas.

Chá verde: aposte em cinco xícaras de chá verde durante um mês. Ele faz com que a gordura corporal seja usada como fonte de energia.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com