Patinação diverte, socializa e torneia os músculos.

449320_43638768

Patinação parece brincadeira de criança. Apesar de descontraída e cheia de risadas, a atividade também pode ser sinônimo de saúde. Já imaginou que um passeio de patins com os amigos pode ter um gasto calórico de até mil calorias? E ainda deixar o abdômen durinho? Esses são alguns dos benefícios da modalidade.

Para manter o equilíbrio os joelhos devem ficar flexionados, como quando vamos nos sentar, e o abdômen contraído. E, por isso, os resultados da prática regular da patinação podem sem similares aos da musculação. Quer mais um motivo para tirar o pó do seu par de patins? A atividade tem baixo impacto, melhora a pressão arterial, reduz o estresse e contribui para o convívio social, já que pode ser praticada em grupo.

Patinação + Pesos

A musculação atrelada à patinação traz benefícios ainda maiores. Quando feita paralelamente deixa os músculos mais fortes e preparados para a patinação, além de proteger as articulações de lesões em casos de acidentes. Além disso, pernas e glúteos ficam mais fortes e definidos.

Onde praticar

Na cidade de São Paulo, por exemplo, há diversas opções de lugares e modalidades para quem já pratica o esporte e para quem pretende começar. Uma das melhores alternativas para quem está iniciando são os parques. Entre eles Parque do Ibirapuera; com asfalto liso e áreas planas, Parque do Povo; o favorito dos corredores de patins pela qualidade das ruas, e Parque Villa Lobos.

Patrícia B. Teixeira
Equipe Monday Academia

Anúncios

A um pulo de um corpo mais bonito

935420_44491161

Não tem quem não queira encontrar uma atividade que, além de divertida, melhore o sistema cardiovascular e fortaleça a musculatura. Como gostamos de reforçar, o verão está chegando e, por isso, o jeito é investir em esportes que garantem sempre bons resultados e muita risada. Que tal, então, incluir aulas de Jump na sua agenda?

Isso mesmo! A aula realizada com os nostálgicos trampolins garantem muito suor e um físico mais bonito em pouco tempo, se praticado regularmente e os devidos cuidados, já que os movimentos, com intensidades variáveis, tonificam panturrilhas, coxas e também o bumbum. Em 30 minutos de aula é possível queimar até 400 calorias e, de quebra, falar tchau para as tão temidas celulites.

O Jump ainda não convenceu? Então, que tal uma atividade com todos esses benefícios, diversão e, também, proteção contra lesões? Investir na modalidade evita o desgaste dos joelhos e tornozelos, pois a lona elástica absorve a maior parte do impacto.

Encontrada nas unidades Mooca, Plaza Sul, Vila Mariana e eTower da Monday Academia, a aula de Jump é uma excelente forma de perder peso, definir músculos (principalmente os inferiores), melhorar a coordenação motora e, o melhor, aliviar o estresse do dia-a-dia. E uma alternativa e tanto de, mesmo durante as semanas de festas e férias, ter em casa um aparelho prático e fácil de ser utilizado.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Feriado: descanso, diversão e muitas calorias gastas!

 

Restam poucas horas para o feriado e a expectativa é de que os próximos dias sejam ensolarados, cheios de momentos de lazer e de descontração. Então, se o plano é aproveitar para relaxar e curtir o feriado de uma maneira saudável e divertida, o blog da Monday dá uma boa opção de atividade física ao ar livre: a pedalada!

Nesta semana foi inaugurada na Avenida Paulista uma ciclofaixa com mais de 5 km de extensão. A pista exclusiva para ciclistas funcionará aos domingos e feriados, das 7 às 16 horas, e é uma ótima oportunidade para quem já pratica a pedalada e para aqueles que precisam de um empurrãozinho para começar.

A pedalada, além de ser uma das atividades mais completas por movimentar todo o corpo, permite a perda de aproximadamente 300 calorias em 40 minutos de percurso. Andar de bicicleta possibilita ainda aumentar a força nas pernas e tonificar os músculos do abdômen, bumbum e panturrilha. A grande vantagem desse exercício físico é que os joelhos não sofrem impacto e a atividade contínua permite a redução da gordura corporal.

Os inúmeros benefícios para o corpo são acompanhados de melhorias na saúde, como a frequência cardíaca, qualidade do sono e controle da ansiedade e estresse. Além disso, para quem está fora de forma e quer iniciar uma atividade física a pedaladaé a mais recomendável,poisexige menor esforço edesgaste nas articulações.

Portanto, não se esqueça dos acessórios indispensáveis para quem irá praticar a pedalada: uma bike segura, filtro solar, equipamento de proteção e um bom tênis. Aproveite o feriado!

Cristina Vedovato
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Lesionei… E agora?

Nossos músculos, tendões e ligamentos são o que há de mais importante quando o assunto é condicionamento físico e esporte. Eles exigem cuidados assim como o motor de um carro. Algumas situações, no entanto, podem comprometer a boa condição dessas partes do nosso corpo, criando certo desconforto. É preciso, portanto, aprender a driblar esses incômodos e não ter os treinos interrompidos.

Exercícios de impacto, overtraining, sobrecarga ou execução errada de movimentos podem comprometer articulações. Isaías Rodrigues, sócio e professor da Monday Academia afirma que sempre há riscos, mas é possível minimizá-los com a real evolução física:

Respeitar limites: não adianta forçar! Todos nós temos limitações e apesar do sentimento de superação ser legal, é preciso chegar lá aos poucos. Isso serve para o peso que aguentamos nos aparelhos ou na velocidade da bike. É preciso estar atento aos sinais do corpo.

Descanse: não respeitar os intervalos entre as séries e atividades pode ser o caminho mais curto para uma lesão. Além de não atingir os objetivos desejados com mais rapidez, você precisará de repouso, gelo e muita paciência até poder retomar a rotina.

Atenção aos treinos: todos temos um treino especifico, montado por algum dos profissionais da academia. Respeite-o! Certifique-se sempre de que você está realizando os exercícios com a postura e peso correto.

Aquecimento antes de tudo: um aquecimento e alongamento completo minimiza e muito o risco de lesão.

Lembre-se sempre: saúde primeiro, aparência depois!

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Bicicleta X Elíptico

Quando se trata de exercícios aeróbicos, é sempre normal encontrarmos alguém que não entenda a diferença entre os aparelhos da academia. Muito usados como forma de torrar calorias e também para aquecimento, bicicletas e elípticos (ou transport) merecem a nossa atenção, pois afinal há benefícios em um que não encontramos no outro.

Enquanto a bicicleta trabalha glúteos e coxas, e queima em média 350 kcal/hora, o transport tonifica glúteos, coxas e panturrilhas, mandando embora aproximadamente 700 kcal/hora. O que deixa a diferença entre eles bem significante, não é? O bom sobre os aparelhos é que ambos são considerados exercícios de baixo impacto, ou seja, não oferecem muitos riscos aos músculos e articulações. Atenção apenas para a intensidade. A carga muito pesada sem bom o condicionamento do usuário pode, sim, ocasionar algum incomodo após a realização da atividade.

Outra importante diferença entre eles está na preocupação com os movimentos executados. Ao escolhermos a bicicleta, não podemos nos esquecer do ajuste do banco. Ele precisa estar na altura do quadril! O joelho, por sua vez, deve formar um ângulo de 90º, permanecendo semiflexionado. Gosta mais do elíptico? Cuidado com os pés! Nada de deixar apenas a ponta deles apoiados. Mantenha o pé todo em contato com o aparelho e os joelhos alinhados com o quadril.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre eles é só escolher o melhor pra você!

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Consciência corporal na terceira idade

Quem está chegando ou já faz parte da terceira e melhor idade, sabe mais do que ninguém os efeitos que o tempo tem sobre nosso corpo e mente. Os anos trazem maturidade e conhecimento suficiente para transmitir bons conselhos e dicas sobre a vida, por mais louca que ela seja, mas refletem também no modo como essas pessoas passam a realizar tarefas que antes pareciam fáceis, como subir escadas ou alcançar objetos altos.

A partir dos 40 anos, homens e mulheres iniciam um processo natural de perda de massa muscular, o que compromete os movimentos necessários para as atividades do dia-a-dia. Cumprindo uma rotina semanal de exercícios, homens, os maiores atingidos, conseguem retardar essa perda de músculos e também a andropausa.

O sexo feminino, que tende a desenvolver a osteopenia, por exemplo, encontra em diversos exercícios físicos uma maneira de prevenir possíveis problemas. Por isso, de acordo com Isaías Rodrigues, professor e sócio da unidade eTower da Monday Academia, as mulheres precisam de atividades que proporcionem impacto. Caminhadas, corridas leves e musculação, em ritmo moderado e em média, durante 30 minutos diários, geram fortalecimento muscular e protegem a parte óssea.

Conciliar atividades de impacto com alongamento ou ioga, pode ser a chave para que seja alcançado um corpo mais saudável e jovem. Adote além da rotina de exercícios, uma alimentação consciente, sem esquecer-se de todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento da vida na melhor idade!

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Calejamento vale a pena???

Em tempos de exaltação do MMA e outras modalidades de luta, o Blog Monday se volta para um tema controverso desse universo: o calejamento. Para esclarecer o tema, recorremos ao mestre de Brazilian Kenpo da Monday Academia, Roger Chedid.

Para quem nunca ouviu falar do termo, calejamento é uma técnica comum nas artes marciais – sobretudo, no Muay thay e Karatê – que visa preparar a pele e a estrutura óssea para aderir mais às pancadas, tornando o local mais duro e menos sensível à dor. Para chegar a tal resultado, o praticante desfere chutes e socos em makiwara (madeira para socar) ou mesmo em árvores, paredes, barras de ferro e outras superfícies duras. Geralmente, esse treino volta-se com maior ênfase para a canela.

Apesar do endurecimento da região, o calejamento tende a deixar o osso mais frágil e passível de fraturas. Os ossos são formados por cálcio (que lhe garante resistência) e colágeno que lhe confere flexibilidade. Essa maleabilidade permite ao osso se adaptar melhor a impactos e torções. A prática gera pequenas fraturas no osso que, ao se reconstituir, recebe maior quantidade de cálcio tornando-se rígido e menos flexível. Assim, o osso fica mais vulnerável à quebra ao receber um impacto forte.

Chedid ainda aponta que o calejamento pode gerar “perda de movimentos na região, provocando até uma artrose precoce, além de problemas de vascularização (irrigação sanguínea) da região afetada”. Apesar de ter exercido a técnica no passado, hoje, o profissional não a indica para ninguém. Contudo, se ainda assim, você quiser se arriscar, Chedid orienta a fazê-lo com acompanhamento constante de um mestre em artes marciais e um fisioterapeuta.

Edson Raphael
Equipe Mondayacademia.wordpress.com