Patinação diverte, socializa e torneia os músculos.

449320_43638768

Patinação parece brincadeira de criança. Apesar de descontraída e cheia de risadas, a atividade também pode ser sinônimo de saúde. Já imaginou que um passeio de patins com os amigos pode ter um gasto calórico de até mil calorias? E ainda deixar o abdômen durinho? Esses são alguns dos benefícios da modalidade.

Para manter o equilíbrio os joelhos devem ficar flexionados, como quando vamos nos sentar, e o abdômen contraído. E, por isso, os resultados da prática regular da patinação podem sem similares aos da musculação. Quer mais um motivo para tirar o pó do seu par de patins? A atividade tem baixo impacto, melhora a pressão arterial, reduz o estresse e contribui para o convívio social, já que pode ser praticada em grupo.

Patinação + Pesos

A musculação atrelada à patinação traz benefícios ainda maiores. Quando feita paralelamente deixa os músculos mais fortes e preparados para a patinação, além de proteger as articulações de lesões em casos de acidentes. Além disso, pernas e glúteos ficam mais fortes e definidos.

Onde praticar

Na cidade de São Paulo, por exemplo, há diversas opções de lugares e modalidades para quem já pratica o esporte e para quem pretende começar. Uma das melhores alternativas para quem está iniciando são os parques. Entre eles Parque do Ibirapuera; com asfalto liso e áreas planas, Parque do Povo; o favorito dos corredores de patins pela qualidade das ruas, e Parque Villa Lobos.

Patrícia B. Teixeira
Equipe Monday Academia

Anúncios

“Sol, areia, mar e muitas remadas”

1310187_31231179

A mais nova moda das praias brasileiras, o Stand Up Paddle tem sido praticado por muitas celebridades e atraindo a atenção de homens e mulheres. Vinda das ilhas havaianas, a modalidade faz muito bem ao corpo e mente de seus praticantes, confirmando o motivo para tantas pranchas e remos no horizonte do litoral.

Variante do Surf, o Stand Up Paddle ou SUP, como também é conhecido, exige que o praticante mantenha-se em pé em longas pranchas e, então, utilize o remo para se mover. Adotado por muitos como um estilo de vida, a prática pode ser utilizada por aqueles que buscam descontração, natureza e, também, um corpo mais bonito. Saiba os motivos:

  • Definição muscular: trabalha todos os grupos musculares! Membros superiores, inferiores e, também, cérebro, são muito exigidos para que o praticante tenha mobilidade e equilíbrio sobre as águas.
  • Coordenação motora: para mover-se de um lado para o outro, é preciso ter controle dos movimentos dos remos.
  • Postura: para equilibrar-se e evitar lesões, a modalidade exige coluna ereta, abdômen contraído e pernas levemente flexionadas.

A prática do SUP é ideal para os que querem relaxar a mente, entrar em contato com a natureza e é uma novidade em termos de qualidade de vida. No litoral de São Paulo, por exemplo, é possível alugar o equipamento (prancha e remo) e, também, ter aulas.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

A um pulo de um corpo mais bonito

935420_44491161

Não tem quem não queira encontrar uma atividade que, além de divertida, melhore o sistema cardiovascular e fortaleça a musculatura. Como gostamos de reforçar, o verão está chegando e, por isso, o jeito é investir em esportes que garantem sempre bons resultados e muita risada. Que tal, então, incluir aulas de Jump na sua agenda?

Isso mesmo! A aula realizada com os nostálgicos trampolins garantem muito suor e um físico mais bonito em pouco tempo, se praticado regularmente e os devidos cuidados, já que os movimentos, com intensidades variáveis, tonificam panturrilhas, coxas e também o bumbum. Em 30 minutos de aula é possível queimar até 400 calorias e, de quebra, falar tchau para as tão temidas celulites.

O Jump ainda não convenceu? Então, que tal uma atividade com todos esses benefícios, diversão e, também, proteção contra lesões? Investir na modalidade evita o desgaste dos joelhos e tornozelos, pois a lona elástica absorve a maior parte do impacto.

Encontrada nas unidades Mooca, Plaza Sul, Vila Mariana e eTower da Monday Academia, a aula de Jump é uma excelente forma de perder peso, definir músculos (principalmente os inferiores), melhorar a coordenação motora e, o melhor, aliviar o estresse do dia-a-dia. E uma alternativa e tanto de, mesmo durante as semanas de festas e férias, ter em casa um aparelho prático e fácil de ser utilizado.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Academia por quê?

São várias as razões que levam uma pessoa a fazer matrícula em uma academia. Alguns querem músculos maiores, outros definição e também tem os que querem perder peso. Graças ao cronograma lotado de aulas legais, no entanto, algumas pessoas deixam a musculação pra depois e acabam não investindo nessa modalidade que pode, sim, complementar as demais atividades.

Veja quais são os benefícios da musculação pra você que torce o nariz pra ela e aposta somente em atividades como corrida, yoga, dança e lutas.

Corrida: nem todos os corredores são lá muito fãs da musculação. Mas, com orientação, puxar algum ferro é mais do que indicado para os que querem obter bom rendimento durante as passadas. Quem concilia as duas modalidades tem mais chances de prevenir possíveis lesões, ganhar resistência e ainda melhorar a postura. Em média 2 ou 3 vezes por semana, alternando com a corrida, pode ajudar e muito.

Yoga: nesse caso, uma modalidade ajuda a outra. Como bem sabemos, a yoga é uma prática espiritual que tem visíveis efeitos no alongamento e força, além de contribuir para a melhora da respiração e concentração, deixando seus praticantes mais calmos e relaxados. Treinar musculação de maneira leve, no entanto, ajuda a definir os músculos e a deixá-los mais preparados para as posições a serem desenvolvidas na prática indiana e tudo isso com uma respiração mais consciente e eficaz para ambas as atividades.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Pra acelerar nas pistas…

Para manter a saúde do corpo em dia nada melhor do que a tradicional corrida. Além de contribuir para o funcionamento do metabolismo, queimando todas aquelas calorias a mais que consumimos todos os dias, com acompanhamento, ela colabora para nosso condicionamento físico e enchem nossos dias de energia.

Se você está começando, já deve ter percebido que não só de coração bom e pernas fortes vive a corrida. É preciso muito fôlego também! Com os pulmões em plena atividade o cansaço pode demorar a aparecer e ficará mais fácil, portanto, ultrapassar seus limites. Separamos algumas dicas que podem fazer toda a diferença:

– Comece caminhando… Antes que o treino comece a todo vapor, aqueça seu corpo. Nada de calçar os tênis e acelerar. Faça alguns minutos de caminhada e passe para os trotes até que se inicie, então, a corrida. Desse jeito você previne os músculos e articulações de possíveis lesões.

– No ritmo… Não adianta correr a uma velocidade maior do que a suportada pelo corpo. É preciso que, após uma avaliação médica, você respeite os limites de velocidade estabelecidos. Corra em um ritmo leve e confortável e evolua com o passar dos treinos.

– Intercale a corrida com outras modalidades como natação ou yoga. Eles ajudam a melhorar a capacidade respiratória e permitem que você vá mais longe.

Seguir essas dicas é fácil, mas se você tem vícios como o cigarro, por exemplo, deve saber que seu fôlego será prejudicado e mesmo com o trabalho pulmonar aumentado, não haverá bons índices de absorção do oxigênio. Cuide-se, calce um bom par de tênis e caia na pista.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

A importância do descanso

Quando nos acostumamos aos prazeres obtidos através dos exercícios físicos fica cada vez mais difícil abandonar essa saudável rotina. Aos poucos, as horas passadas dentro da academia têm efeito e passamos a ver os resultados no lugar mais importante: o nosso corpo. Algumas pessoas, por isso, desenvolvem uma certa dificuldade em parar e, simplesmente, deixar os músculos descansarem.

De três à cinco vezes por semana, as atividades são saudáveis e muito recomendadas. Mas e quando a vontade de treinar supera o desejo por repouso?! Bom, saiba qual a importância desse justo e merecido descanso e como ele pode ajudar, inclusive, na melhora dos resultados.

O intervalo entre os treinos é essencial para que a resistência às cargas não diminua e, também, proteja os músculos contra possíveis lesões. Durante os dias em que você está longe dos tênis de corrida, bicicleta ou alteres, o corpo pode criar a capacidade de agüentar novos pesos, ou seja, você fica pronto para atingir objetivos maiores e, com isso, um corpo mais bonito.

A carga de treino em excesso pode resultar em mais do que overtraining. Não respeitar o descanso evita, acredite, que os resultados apareçam. Sim, os ganhos reais acontecem quando você está com as pernas para o ar e não suando a camisa como doido. Pernas para o ar é um exagero, mas lembre-se de pegar leve e movimentar-se de maneira despretensiosa por dois ou três dias na semana.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com

Afinal, exame médico para que?

Continuamos à espera do verão e, enquanto isso, muitos já correm atrás do prejuízo. Alguns controlam a alimentação, intensificam os treinos e outros sacodem de vez o esqueleto e deixam seus dias sedentários para trás. Ao contratar os serviços de uma academia, muito mais importante do que a preocupação com os resultados, deve ser a consciência de que alguns exames médicos precisam ser realizados, sem desculpas.

Não importa o qual saudável você pareça ser. Exames médicos são indispensáveis para que, não só você, mas os professores que irão instruir seus treinos, conheça melhor as condições do seu corpo e seus limites. Um check-up específico evita problemas graves como lesões musculares e até mesmo infartos. Isso mesmo, corpo e coração precisam de atenção redobrada! Beleza e saúde devem sempre caminhar juntas, não se esqueça!

Porém, não é só o inicio de atividades físicas que exigem cuidados com a saúde. Quem já pratica alguma modalidade, ou até mesmo os sedentários, devem estar em dia com seus exames. Até os 30 anos, o ideal é que eles sejam repetidos anualmente. E após essa idade, duas vezes. Além de exames de sangue e hormonais, saiba quais são os exames que você deve realizar.

Ecocardiograma: através do ultrassom, mostra as estruturas do coração e a pressão arterial.
Eletrocardiograma: analisa o funcionamento e as batidas do coração. É capaz de diagnosticar arritmia, sopros no coração e se, em esforço, o corpo não apresenta fadiga precoce.
Teste ergométrico: mostra o condicionamento físico, ou seja, quais os limites ideais para seus treinos.

Ana Carolina Souza
Equipe Mondayacademia.wordpress.com